Terceira edição do programa ‘Todos pelo Amazonas’ realizou mais de 19 mil atendimentos

O Governo do Amazonas fechou neste domingo (14/01) o quantitativo de atendimentos realizados durante a 3ª edição do programa “Todos pelo Amazonas”, realizada, neste sábado (13/01), em Iranduba (município a 23 quilômetros de Manaus). Na ação, foram oferecidos à população serviços gratuitos nas áreas de saúde, segurança, cidadania, social, esporte e lazer. O governador em exercício e secretário de Segurança Pública, Bosco Saraiva, participou da primeira ação realizada na Região Metropolitana de Manaus (RMM), as outras duas ocorreram na capital.

Dentre os serviços mais procurados pela população, estão os das áreas de saúde, ação social e cidadania. A Secretaria de Estado de Ação Social realizou 3.125 atendimentos, enquanto a Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam) realizou 2 mil atendimentos. O Instituto de Identificação realizou 1.350 atendimentos, sendo 600 para emissão de 1ª. via da Carteira de Identidade (CI) ou Registro Geral (RG), 400 de 2ª. via do mesmo documento e mais 350 agendamentos. Já a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) realizou 5.085 atendimentos, sendo 188 de emissão de certidões, e foram feitas, ainda, 2017 reprografias e 2880 fotografias, para documentos.

                                                                            

 

Por determinação do governador Amazonino Mendes, o programa tem a missão de integrar e aproximar cada vez mais os serviços do Governo junto à população e será estendido aos municípios do interior do estado. No Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Maria Izabel Desterro e Silva, onde ocorreram os atendimento, Bosco Saraiva ressaltou a importância do programa em ser levado ao interior em parceria com as prefeituras municipais.

“É um trabalho de ponta do Governo junto da prefeitura para levar essas ações importantes para a população. Estamos iniciando aquilo que a gente fez os pilotos na cidade de Manaus e agora estamos na Região Metropolitana e vamos atingir todos os municípios do Estado do Amazonas”, comentou, na ocasião do evento.

Documentação – Segundo a presidente do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), Mônica Mendes, a edição de Iranduba superou as expectativas. Ela ressaltou que, por determinação do governador, em exercício, Bosco Saraiva, o serviço de documentação será oferecido, no mesmo local, durante a próxima semana. ”Estamos com quase 400 funcionários públicos envolvidos neste atendimento, na saúde, educação , cultura. A questão da documentação é uma procura muito grande e nós vamos estender este atendimento da documentação. Todos os cidadãos de Iranduba irão ter acesso a documentação. Estamos felizes com a participação da população”, explicou.

Mônica Mendes informou que a próxima edição do “Todos pelo Amazonas” ocorrerá no município de Presidente Figueiredo, no próximo sábado (20/01). “Estamos com uma programação preparada para Presidente Figueiredo e daí, vamos fazer uma agenda extensiva voltada para o interior porque é nossa prioridade atender e também o restante da capital”, disse a presidente do FPS.

 

Irandubenses aderiram ao programa

Até às 15h do sábado (13/01), a organização do evento tinha a informação de que, no mínimo, 4,5 mil pessoas tinham sido atendidas pelos diversos serviços oferecidos pelo programa. Entre eles a vendedora ambulante Libina Gomes, 33, que levou o filho de 14 anos para o dermatologista. Para ela, a iniciativa do governador Amazonino Mendes é importante para o município, principalmente pela oportunidade que o cidadão irandubense tem em dispor de uma série de serviços. “Fui bem atendida, meu filho foi bem atendido e peguei encaminhamento para levá-lo a Manaus. Que ele (governador Amazonino) continue fazendo isso porque a gente trabalha de forma autônoma. Eu sou viúva e tenho um filho a cuidar e esta é uma oportunidade de toda a família. Aqui no Iranduba não tem dermatologista e eu peguei para o meu filho encaminhamento para Manaus”, comentou a vendedora.

Mais de 40 mil atendidos nas edições da capital – As duas edições anteriores do programa registraram mais de 40 mil pessoas atendidas em diversas áreas e mais de 53 mil atendimentos feitos, desde a expedição de documentos às ações de esporte e lazer, nas zonas norte e leste da capital.

Nas ações, as pessoas receberam atendimento médico clínico; aferição de pressão e teste de glicemia; emissão de 1ª  e 2ª vias de Carteira de Identidade, de CPF e de Carteira de Trabalho; atendimento psicossocial à mulher vítima de violência; atendimento jurídico; emissão da Carteira Nacional de Artesão; serviços de embelezamento; exposição de artesanato; palestras, oficinas e atividades profissionalizantes; serviços de atendimento ao consumidor; atividades de educação no trânsito para crianças, culturais, esportivas e de lazer, aulas de zumba, entre outras.

Alguns documentos são necessários para atendimento: Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamentos ou Carteira de Trabalho; Comprovante de Residência Atual, Foto 3×4/ RG/ CPF; Pis/Pasep. Crianças precisam estar acompanhadas do responsável legal, com seus documentos.

Apoio – O programa conta com o apoio da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Secretaria de Estado da Cultura (SEC), Secretaria de Estado de Saúde (Susam), Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc), Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), Procon Amazonas, Secretaria de Estado de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Sejusc), Secretaria de Estado da Pessoa com Deficiência (Seped), Instituto de Pesos e Medidas (Ipem), Departamento de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Ouvidoria Geral do Amazonas, Empresa de Processamento de Dados (Prodam), Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) e Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur).

 

da Ascom/Seas

Comentários no Facebook