Inscrições abertas para Seminário Boas Práticas de Inclusão de Pessoas com Deficiência

O primeiro Seminário Lei de Cotas – Boas Práticas de Inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho será realizado no dia 12 de dezembro, em Belo Horizonte. Promovido pela Superintendência Regional do Trabalho em Minas Gerais (SRT/MG) e Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), o evento contará com o lançamento do “Diagnóstico quantitativo pessoas com Deficiência/reabilitados no Brasil”, estudo inédito realizado pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O objetivo do seminário, que terá a participação da secretária da Sedese, Rosilene Rocha, é apresentar depoimentos e práticas de empresas e de trabalhadores com deficiência e reabilitados pelo INSS que estão hoje no mercado de trabalho, vivenciando a inclusão.

As inscrições para o evento, que será realizado no Sesc Palladium, já estão abertas. A entrada é gratuita e aberta ao público. O link é https://goo.gl/forms/IoZewJihTEYiu38y1

Dentre os assuntos a serem tratados durante o encontro estão os processos de inclusão, tais como a aprendizagem profissional como meio de inclusão gradual; e os apoios e metodologias utilizados dentro das empresas e, também, nas entidades formadoras para inclusão dos trabalhadores beneficiários da política de cotas, com foco principalmente nas deficiências intelectual, mental e no autismo.

Programação

O seminário Lei de Cotas – Boas Práticas de Inclusão contará com uma apresentação cultural feita por Dudu do Cavaco, que abrirá o evento. Em seguida, será realizado o lançamento oficial do “Diagnóstico quantitativo pessoas com Deficiência/reabilitados no Brasil”. O encontro segue com a palestra “Acessibilidade como direito fundamental”, que será ministrada pelo Auditor Fiscal do Trabalho Rafael Faria Giguer (especialista em acessibilidade); e com a apresentação do projeto Inclusão de Pessoas com Sofrimento Mental, além de outras mesas que debaterão as boas práticas, com depoimentos de representantes de empresas e trabalhadores.

Também haverá palestra conduzida pelo Senai sobre aprendizagem profissional na indústria; depoimentos de empresas e aprendizes; entre outras apresentações.

As entidades de apoio a pessoas com deficiência, tais como Apae, Mano Down, Dia a Dia e Rede Cidadã, montarão estandes no local para apresentarem aos interessados o trabalho realizado por elas junto às pessoas com deficiência.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

8:30 – CREDENCIAMENTO

9:00 – APRESENTAÇÃO CULTURAL

9:00 – MESA DE ABERTURA

9:30 – 10:00 – LANÇAMENTO DE ESTUDO REALIZADO PELO MINISTÉRIO DO TRABALHO – “Diagnóstico quantitativo pessoas com Deficiência/reabilitados no Brasil”

10:00 – 11:00 PALESTRA DE ABERTURA: ACESSIBILIDADE COMO DIREITO FUNDAMENTAL

11:00– 12:30: PROJETO INCLUSÃO PESSOAS COM SOFRIMENTO MENTAL

12:30 – 14:00 – intervalo almoço

14:00 – APRESENTAÇÃO CULTURAL

14:10 – 14:40 –– APRENDIZAGEM PROFISSIONAL DA PcD NA INDÚSTRIA

14:40 – 17:15 – INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL E AUTISMO

17:15 – ENCERRAMENTO – APRESENTAÇÃO CULTURAL

Comentários no Facebook