Aprovada a construção de quatro Centros da Juventude em Porto Alegre

poa

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos recebeu na última quinta-feira, 22, a aprovação e o licenciamento dos projetos arquitetônicos para a construção dos quatro Centros da Juventude do Programa de Oportunidades e Direitos (POD) em Porto Alegre. O prefeito Nelson Marchezan Júnior entregou as autorizações à titular da pasta, Maria Helena Sartori, em audiência no Paço Municipal. Com o licenciamento aprovado, o Governo do Estado publica em até 15 dias o edital de licitação para seleção da construtora.

O prefeito Nelson Marchezan Júnior entregou as autorizações à titular da pasta, Maria Helena Sartori.
O prefeito Nelson Marchezan Júnior entregou as autorizações à titular da pasta, Maria Helena Sartori. – Foto: Sue Gotardo

Os novos prédios dos Centros da Juventude serão construídos nos bairros Cruzeiro, Lomba do Pinheiro, Restinga e Rubem Berta. A meta é inaugurar os espaços até o fim do ano. “A Prefeitura de Porto Alegre entendeu a importância deste projeto e se mostrou parceira para que a gente consiga entregar para a comunidade os novos prédios dos Centros da Juventude”, afirmou Maria Helena ao agradecer o esforço da equipe do Município para apressar a liberação das licenças.

Aprovada a construção de quatro Centros da Juventude em Porto Alegre
Aprovada a construção de quatro Centros da Juventude em Porto Alegre – Foto: Sue Gotardo

Os processos tramitaram com prioridade, devido ao caráter social dos empreendimentos, graças a formação de uma força tarefa determinada por Marchezan em fevereiro. “Pelo tipo de projeto, na área da educação e segurança, pelo público que atende, que são os jovens que mais precisam dessas políticas públicas, é uma prioridade para nós ver esses Centros da Juventude funcionando. Por isso a união entre todos os poderes e pessoas que têm a responsabilidade de fazer esse programa acontecer é fundamental”, disse o prefeito. Ele ressaltou o esforço da equipe que permitiu a aprovação e o licenciamento das obras de forma mais rápida.

Aprovada a construção de quatro Centros da Juventude em Porto Alegre
Aprovada a construção de quatro Centros da Juventude em Porto Alegre – Foto: Sue Gotardo

Os Centros da Juventude – Os licenciamentos das obras de construção do CJ Alvorada e reforma da Escola Ana Jobim, que abrigará o centro de Viamão, também já foram entregues. Os novos prédios, com 1.400 metros quadrados, seguem projeto padrão, com salas de aula, auditório, espaços para cursos profissionalizantes específicos como, por exemplo, cozinha industrial para os cursos de gastronomia, além de sistemas sustentáveis, como painéis solares para utilização de energia limpa.

Hoje as atividades do POD são realizadas em espaços provisórios, cedidos ou alugados. Nos seis centros, 1.800 jovens com idades entre 15 e 24 anos frequentam cursos de qualificação profissional, oficinas de arte, cultura, esportes e lazer e recebem atendimento psicossocial e orientação para o mundo do trabalho e para o empreendedorismo. Duzentos foram encaminhados para vagas de emprego, 160 foram formados em cursos profissionalizantes e dezenas já estão empreendendo.

Com as estruturas novas, a meta é atender 3.600 jovens ao ano, com capacidade para dobrar esse número caso haja demanda. Os bairros foram escolhidos por terem os mais altos índices de violência no estado em crimes que vitimam a faixa etária atendida pelo POD. Uma realidade que começa a ser modificada. “Não adianta pensar desenvolvimento e segurança sem pensar no social. Temos que fazer as coisas acontecerem para garantir o futuro desses jovens. Em um ano com os CJs funcionando e com investimentos no policiamento comunitário e no sistema socioeducativo, já começamos a colher os frutos ao registrar a redução do envolvimento de jovens em homicídios nesses territórios, seja como agressores, seja como vítimas”, concluiu Maria Helena.

 

da Ascom/SDSTJDH

Comentários no Facebook