Vencedores do Prêmio Progredir recebem premiação

O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) premiou na noite desta quinta-feira (15), em Brasília, os cinco melhores projetos de inclusão produtiva do país. Os vencedores do Prêmio Progredir são os projetos: Crescer, de Boa Vista (RR), Cultivando Cidadania, de Aracaju (SE), Pró-Cidadão – Programa Menor Aprendiz, de Morrinhos (GO), Programa de Qualificação Profissional, Geração de Emprego e Renda para o Vianense – Gerar, de Viana (ES), e Elos da Sustentabilidade, de Campo Largo (PR).

Os prefeitos e coordenadores dos projetos receberam os troféus das mãos do presidente da República, Michel Temer, em solenidade no Palácio do Planalto.

Antes, uma cerimônia de entrega de medalhas e certificados reuniu o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, o secretário-executivo do MDS, Alberto Beltrame, o secretário de Inclusão Social e Produtiva, Vinícius Botelho, gestores municipais e outras autoridades.

Para o ministro Osmar Terra, o prêmio tem a função de destacar as boas práticas e multiplicá-las, estimulando a valorização das iniciativas de geração de emprego e renda.

“Por maior que seja o esforço do governo em garantir programas de transferência de renda, como o Bolsa Família, e o Benefício de Prestação Continuada (BPC), é preciso dar oportunidades para as pessoas progredirem na vida e terem emprego e renda. Reconhecer o trabalho feito com qualidade nos municípios é uma forma de incentivar e valorizar essas ações para termos um país melhor para todos”, afirmou.

Um dos representantes do projeto Pró-Cidadão – Programa Menor Aprendiz, de Morrinhos (GO), o coordenador do Cadastro Único do município, Vanderlei Gomes Júnior falou sobre a importância do reconhecimento.

“A gente sabia do nosso potencial. Voltaremos para casa muito satisfeitos. Essa é uma vitória do município e da nossa população. Temos a intenção de fazer crescer nosso projeto, ampliar nossos horizontes e proporcionar às famílias do Bolsa Família e do Cadastro Único essas oportunidades”.

Já o prefeito do município de Viana (ES), Gilson Daniel, vencedor pelo projeto Geração de Emprego e Renda para o Vianense – Gerar, celebrou a vitória alcançada com base nos resultados da melhoria da vida das famílias.

“Fizemos um programa de geração de emprego e renda na cidade que deu muito resultado. Esse reconhecimento do ministério nos dá energia, porque sabemos que estamos no caminho certo”, disse.

Os cinco projetos escolhidos, um de cada região do Brasil, têm a possibilidade de estabelecerem um convênio com o MDS no valor de até R$ 1 milhão para ampliação ou implementação das ações.

 

 

Inscritos – Ao todo, 384 projetos de todas as regiões do país foram inscritos no Prêmio Progredir, sendo que 10 foram selecionados para a final. São iniciativas que promovem o acesso ao mercado de trabalho de jovens, adultos e pessoas com deficiência, geração emprego e renda, qualificação profissional e sustentabilidade.

A comissão julgadora foi formada por professores universitários e representantes dos setores industrial, de tecnologia e do comércio. Foram avaliados critérios como eficácia, capacidade do projeto se firmar e expandir e potencial de implementação em outros municípios.

 

Plano Progredir – O prêmio integra o Plano Progredir, que é coordenado pelo MDS.  A iniciativa do governo federal reúne um conjunto de ações para auxiliar as famílias de baixa renda. A estratégia conta com assistência técnica para microempreendedores ou pessoas com potencial para empreender em todo o país, além de ações de inclusão digital, educação financeira e vagas em cursos profissionalizantes.

Comentários no Facebook