Secretário destaca papel dos estados no Encontro do CONGEMAS – Sul

Com mais de 600 participantes, entre gestores e técnicos das Prefeituras dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, foi aberto nesta quinta-feira, dia 14, o Encontro Regional do CONGEMAS – Sul, em Foz do Iguaçu (PR), para debater o Plano Decenal do Sistema Único da Assistência Social (SUAS).

Na Mesa de Abertura, estavam presentes a secretária Nacional de Assistência Social (SNAS/MDS), Ieda Castro, o presidente do CONGEMAS, José Rodrigues e, representando  o Fórum Nacional de Secretários (as) de Assistência Social (FONSEAS), o secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social Miki Breier.

Papel dos estados

O secretário Miki Breier mencionou a importância do Plano Decenal 2005/2015 para a estruturação do SUAS, para falar da importância do planejamento que está sendo construído agora para o período de 2016/2026. Ele destacou, também,  o papel do estado no SUAS, citando as prioridades entre suas responsabilidades – o cofinanciamento da Proteção Social Básica, a Regionalização da Proteção Social Especial e a capacitação e assessoramento técnico –  mas defendeu que os estados devem ir além e ter também um viés político: “a questão da reforma  tributária no País, de forma a garantir mais recursos para os municípios,  deve ser defendida”, opinou o secretário.  Miki Breier afirmou também que, em seu entendimento,  há técnicos “analfabetos em política” e políticos “analfabetos em Assistência Social” e que é preciso incluir na pauta dos políticos a Assistência Social como prioridade, assim como o são a Educação e a Saúde.

 

foz congemas

Fonte: Assessoria de Comunicação do Fonseas

Comentários no Facebook