Governo inaugura espaços para proteção social especial e atendimento aos municípios do Alto Jequitinhonha

“Queremos oferecer melhor atendimento ao idoso, à criança, à mulher e às famílias que sofrem violência. Se você presenciou qualquer tipo de violência contra eles, os encaminhe para o Creas”.  A afirmação é da secretária de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Rosilene Rocha, durante inauguração do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), em Diamantina.

O Creas Alto Jequitinhonha vai atender pelo Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (Paefi), oito municípios – Couto Magalhães de Minas, Datas, Felício dos Santos, Gouveia, Monjolos, Presidente Kubtischek, São Gonçalo do Rio Preto e Senador Modestino –, e será referência na Proteção Social Especial (PSE) para todos os 24 municípios do Território, que tem uma população de 297.994 pessoas (IBGE 2010).

Localizado no Largo Dom João, nº 191, Centro de Diamantina, perto da rodoviária, o Creas, vai fazer o acompanhamento psicossocial e jurídico social de famílias e indivíduos que sofreram violação de direitos, como a violência física, psicológica, sexual e trabalho infantil. “Nossa luta tem rosto, tem raça, tem endereço certo. Precisamos trazer a família para o centro das políticas públicas”, afirmou ainda Rosilene.

Mais Proteção

Inauguracao creas diamantina - Foto: Omar Freire Imprensa MGEste é o quarto Creas Regional entregue pelo governo de Minas. Os outros estão nos municípios de Almenara, Águas Formosas e Peçanha, e foram demandas da população nos Fóruns Regionais de governo e nas Conferências Regionais e Estadual de Assistência Social, dos gestores Municipais de Assistência Social e do Ministério Público.

“O Creas Regional nasce do sonho que temos de que estado e municípios podem deixar as famílias mais protegidas. Elas não são responsáveis por tudo, só quando o Estado trabalha junto com a família é possível construir uma relação mais estável e protegida”, afirmou a subsecretária de Assistência Social da Sedese, Simone Albuquerque, que aproveitou o momento para anunciar que em breve a região vai receber os serviços de Proteção Social a Adolescentes em Cumprimento de Medidas Socioeducativa de Liberdade Assistida (LA), e de Prestação de Serviços à Comunidade e o Serviço Estadual de Família Acolhedora. “Todos esses serviços vão construir uma nova realidade para os municípios mais pobres. Vamos construir relações mais respeitáveis e mais responsáveis”.

Para o prefeito de São Gonçalo do Rio Preto, João Dumont, o município depende muito do governo, apesar de oferecer trabalhos de prevenção aos jovens da cidade para impedir que se envolvam com droga. “Esperamos que o Creas complemente nossas necessidades”, disse.

Diretoria Regional da Sedese atende 22 municípios

Inauguracao creas diamantina - Foto: Omar Freire Imprensa MG

Funcionando na Avenida Francisco  Sá, 401, no centro de Diamantina,  a regional atende à diretriz de descentralização do governo de Minas e atua em 22 municípios, contribuindo para a superação das dificuldades encontradas para implementação das políticas públicas de Assistência social e do trabalho.

“A equipe regional promove a integração das ações, apoiando tecnicamente os municípios e entidades, realiza encontros e oficinas para gestores técnicos”, explica a secretária de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Rosilene Rocha, lembrando que os 22  municípios de abrangência da Diretoria eram atendidos pelas diretorias regionais de outras regiões, de municípios distantes. “Com a entrega de mais uma regional, estamos fortalecendo a política de trabalho e assistência social no Alto Jequitinhonha, treinando as esquipes locais e assessorando nas políticas públicas”, comemora.

 

da Ascom/Sedese

Comentários no Facebook