Garantidos R$ 3 bilhões para o SUAS em 2018

reuniao

O presidente do Fórum Nacional de Secretários(as) de Estado da Assistência Social (Fonseas), Josbertini Clementino, anunciou que os recursos para a manutenção dos serviços oferecidos pelo Sistema Único de Assistência Social (Suas), bem como de toda a estrutura dos CRAS, CREAS e Centros Pop, em 2018 foram garantidos pelo ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra. “Serão R$ 3 bilhões que irão compor o orçamento do SUAS para o próximo ano. O ministro garantiu que esses recursos estão bem encaminhados dentro do orçamento”, afirmou Josbertini. A reunião com o ministro contou com a participação de secretários estaduais e diretores do Fonseas.
“Garantir os recursos para manter o SUAS é mais uma conquista para todos que fazem a Assistência Social no País, e sobretudo, para todos dos segmentos mais fragilizados da sociedade, a quem esses recursos se destinam”, comemorou o presidente Josbertini. Ele destacou que este é mais um passo de uma luta conjunta de todos os órgãos e entidades que compõem o SUAS, que começou há vários anos, e que ganhou maior ênfase, no ano passado, no Fonseas e Congemas, diante da sinalização de desmonte pelo Governo Federal da estrutura do SUAS, no País.
Após a reunião com o ministro, a delegação do Fonseas, juntamente com o Congemas e o presidente da Frente Parlamentar em Defesa do SUAS, deputado Danilo Cabral (PSB-PE), se reuniu com o senador Dario Berger (PMDB-SC), presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO) e responsável pela análise da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA), e com o deputado Cacá Leão (PP-BA), relator do Orçamento Geral da União, para assegurar maior agilidade na recomposição do orçamento do SUAS . O Orçamento geral da União para 2018 será votado em breve, pelo Congresso Nacional.
“Essa é uma bandeira de luta nossa, mas também coletiva, que envolve compromissos éticos e políticos de todos, inclusive dos prefeitos municipais, que também precisam defender o SUAS, porque se o corte dos recursos for demasiado, é o sistema econômico dos municípios que estará prejudicado”, ressaltou Josbertini. “Sem os recursos do SUAS, corremos o risco de promover a falência econômica dos municípios menores e o retorno à extrema pobreza de milhares de pessoas, sobretudo crianças, deficientes, idosos, chefes de famílias”, já alertava Josbertini, em reuniões do Fonseas.
A boa notícia já foi divulgada pelo próprio presidente Josbertini Clementino durante eventos que participou em viagem desde a ultima quarta-feira pelas cidades do Cariri, no Interior do Ceará. “Tivemos uma luta muito grande, uma mobilização muito forte para garantir esses recursos. Vamos comemorar, mas continuar trabalhando para melhor atender a população carente que é o nosso foco” falou ele durante Oficina Regionalizada das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (AEPETI) , em Juazeiro do Norte, na manhã desta sexta-feira(10).
Atendimentos
O Sistema Único de Assistência Social, ou Suas, é o sistema público que organiza os serviços socioassistencial do País. Foi instituído em 2005, com caráter descentralizado e participativo. Sua função é a gestão do conteúdo específico da Assistência Social no campo da proteção social brasileira. O Brasil possui mais de 8 mil Centros de Referência de Assistência Social. O número de famílias atendidas supera os 30 milhões.
Mais de 4,4 milhões de beneficiários do Benéfico de Prestação Continuada são atendidos pelo Suas, sendo 2,4 pessoas com deficiência e 2 milhões de pessoas idosas.

 

Assessoria de Comunicação do Fonseas

Comentários no Facebook