Conheça a primeira Escola da Assistência Social

teste-2A primeira Escola da Assistência Social do Brasil é no Mato Grosso do Sul, e é coordenada pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast).

O Sistema Único de Assistência Social – Suas, um dos maiores sistemas de proteção social do Mundo, requer processos e estruturas que garantam a qualificação dos serviços prestados à população mais vulnerável. São serviços que visam o acesso à renda e a proteção em situações que tornam as pessoas mais vulneráveis. Serviços que promovem condições para a construção de projetos de vida, além da ruptura e prevenção de situações de violência e outros riscos sociais. Daí a importância de processo formativos voltados aos trabalhadores do Suas, conselheiros e gestores.

Além da educação permanente, a Escola chamada Mariluce Bittar, uma educadora e profissional de referência na região que deu importante contribuição para a construção dos direiros sociais, realiza eventos, reuniões e conferências.
Para Elisa Célia Nobre, Secretária de Estado e presidente do Fórum Nacional de Secretários de Estado de Assistência Social – Fonseas, “A Escola do SUAS, inaugurada em 2015, é um importante espaço de educação permanente para uma atuação qualificada dos profissionais que atuam com demandas complexas, com históricas de vida, com mudanças de itinerários sociais; de gestores que precisam de competências para a governança de uma sistema estatal que impacta nos territórios; de conselheiros que deliberam e fiscalizam a política em cada esfera de Governo. Trata-se de uma grande conquista para os atores do Suas, mas principalmente para a população do Mato Grosso do Sul”.

Nos dias 29 e 30 de janeiro a equipe de gestão da Secretaria debateu desafios para o aprimoramento da gestão e das ações na política de Assistência Social e em Direitos Humanos no Mato Grosso do Sul. Para a professora Jucimeri Silveira, assessora do Fonseas, “o entusiasmo da equipe de gestão e as ações planejadas são centrais para avançarmos no papel estratégico dos Estados na relação com os municípios, neste contexto de reafirmação das bases estruturantes do Suas, mas também de repactuação de responsabilidade, de novos caminhos que enfrentem promovam condições de relações igualitárias e humanas”.

A Gestão do Trabalho é dos pilares estruturantes do Suas e compreende desde a educação permanente, até a gestão e disseminação dos conhecimentos produzidos na política. Por a importância de ferramentas e espaços como a Escolas de Educação Permanente.

Tenha acesso aos seguintes materiais:

Clique aqui e acesse a versão digital do Livro: “Sistema Único de Assistência Social no Mato Grosso do Sul

Gestão do Trabalho e Educação Permanente do SUAS em pauta

Gestão do Trabalho no âmbito do SUAS: Uma contribuição necessária para ressignificar as ofertas e consolidar o direito Socioassistencial

 

Confira a galeria de fotos:

Comentários no Facebook