Atendimentos gratuitos garantem dignidade para os cidadãos em MT

atendimento

Serviços simples como foto ¾, emissão de CPF e corte de cabelo, são oferecidos gratuitamente a quem precisa. Essa é a premissa dos “Dias D” na Caravana da Transformação, realizados nos últimos dias 27 e 28 de janeiro em Jaciara. Nesses dias, acontecem serviços de cidadania oferecidos pela Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), parceiros e voluntários.

Entre as três mil pessoas de 19 municípios atendidos está Sebastiana Pereira de 58 anos. Ela cortou o cabelo e fez sobrancelha. “Há muitos anos não me cuido. Vim para uma consulta oftalmológica e saí bonita”, disse.

Maria Elizabeth Florentino Clementino, de 42 anos, é beneficiária do Programa Bolsa Família (PBF) e, há um tempo, conseguiu emprego como “bituquira” em uma usina. Porém, desempregada, precisa novamente do benefício e aproveitou a presença do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) de Jaciara para atualizar o cadastro no CadÚnico.

Durante os “Dias D”, o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) de Jaciara, realizou 30 inscrições do Programa Bolsa Família, emitiu 40 carteiras do idoso e realizou mais de cem orientações sobre programas sociais.

Entre as emissões de documentos mais solicitadas, está o documento de identidade (RG) com 350 pedidos, realizados pela Politec. A 1ª e 2ª via do CPF, com 267 emissões e 2ª via de 101 certidões de nascimento, oito certidões de casamento e uma de óbito, serviços prestados por servidores da Setas e voluntários.

Karine de Souza de Deus veio ao local solicitar a 2ª via do CPF, carteira de trabalho e se cadastrar no CadÚnico. Aos 17 anos ela é casada e tem um bebê de um ano, mas ela e o marido estão desempregados. Por isso, aproveitou os serviços de cidadania na Caravana. “É difícil ir a vários lugares com uma criança pequena, aqui eu resolvi tudo de uma vez”, ponderou.

Acompanhada dos três filhos, Solange Teixeira dos Santos Florêncio, tem 32 anos e foi à Caravana fazer a identidade das crianças. No local, descobriu um erro na certidão do primogênito e já solicitou a correção. Ela também desfrutou dos serviços de foto 3×4 e cópias.

Já Marilene dos Santos, de 17 anos, terminou o Ensino Médio e pretende cursar enfermagem. Ela mora com o pai e irmãos. Com o pai desempregado, ela veio se cadastrar no Programa Bolsa Família e procurar vagas de qualificação.

Serviços

Os serviços prestados no espaço de cidadania são realizados por servidores da Setas, CRAS, Sine, Poder Judiciário, Defensoria Pública, Politec e Detran com apoio de voluntários.

Nessa edição, os amigos Murilo dos Anjos e Felipe Gasparini, de 12 e 15 anos, que participam da Ordem DeMolay, auxiliaram no atendimento ao público, emissão de CPF, fotocópias e plastificação.

“Todos da nossa casa participaram então também viemos. Foi legal, aprendi coisas novas e trabalhamos e em equipe”, comenta Murilo dos Anjos.

 

da Ascom/Setas

Comentários no Facebook